Armazém3bruxas
×
 x 

Carrinho vazio

A MAGIA DO TER & GRATIDÃO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O Universo é inteligente, lê absolutamente em precisão tudo o que na Terra é vibrado. Compreender essa lógica remonta a mente viciada a pensar.... “Então se eu pedir para ficar rica o Universo me oferece o ouro?” Óbvio que não! Tudo dentro da Geometria Sagrada trabalha perfeitamente em única e restrita palavra; GRATIDÃO!

Cada pensamento e verbalização que expressamos gera o que vocês chamam de futuro e eu classifico como AGORA.

Expressar GRATIDÃO diminui o pensamento tóxico e permite a atração do melhor para nossas vidas. Quando praticamos regularmente a GRATIDÃO, sentimos emoções mais positivas e estimulantes: dormimos melhor, expressamos a compaixão e bondade, oferecemos a abertura para a perseverança e como o equilíbrio se faz presente, a magia da reconstrução e fidelização da imunidade acontece.

ONDE ESTÁ O ERRO DE NÃO TER? No foco da INGRATIDÃO!
Caminhamos dentro de um padrão de totalmente errado as verdades sagradas. Estamos sempre a pedir ao invés de sermos gratos pelo o que temos. Sem ser grato pelo o que possuímos ou não, jamais teremos a abertura de novos horizontes. Tudo caminha dentro do limite da reciprocidade – esta é a Lei Sagrada. 

COMO PODEMOS SENTIR GRATOS? Reeducando o EU crítico.
A voz interior crítica é um processo de pensamento destrutivo que machuca nossas vidas:

  • Hoje será um daqueles dias;
  • É tudo muito estressante;
  • Nada vai dar certo;
  • Não vou dar conta do que tenho para resolver hoje...

Eis a magia do CAOS - o poder da destruição dos passos ao AGORA.

Ter essa vibração é assassinar o presente, mantendo totalmente distorcida a visualização atual do Mundo em que vivemos, oferecendo a abertura eficaz da indisposição na sintonia do âmbito de relacionar-se.  Enquanto ouvimos essa voz, deixamos de ver o mundo ao nosso redor através de uma lente realista e compartilhada. Não conseguimos apreciar o que é bom em nós mesmos e no próximo. Saímos do foco de que temos o direito de valorizar e buscar o que dá sentido à vida.

A DICA É...

  • Elevar-se ao amor;
  • Prestar atenção e reeducar a mente quando essa voz crítica adentra em desequilíbrio;
  • Agradecer por qualquer forma de generosidade ou reconhecimento;
  • Despertar o poder da admiração.

O amor impacta e bloqueia todo o magneto destrutivo ao Bom Viver. Impede a incredibilidade da generosidade que nos coloca em posição de retração a tudo e a todos. Quando afastamos o reconhecimento ou a generosidade do próximo, negamos as belas sementes que poderiam ser entregues para um novo plantio. O pensamento torpe da desconfiança toma forma: “Ninguém oferece nada de graça.” "O que está por traz de tal ato?" "Se eu aceitar algo, vou ficar devendo um favor." O que acontece? Não há reciprocidade, não há reconhecimento das verdades puras e o óbvio..., passamos longe do poder da GRATIDÃO.

O cultivo da atenção plena permite estarmos presentes no próprio corpo, na vida que recebemos e com nossos irmãos - esta é a seiva que alimenta naturalmente o espírito da GRATIDÃO.

Quando praticamos a atenção, aceitamos que os pensamentos e sentimentos se movam através de nós sem assumir o controle, garantindo toda nossa segurança – damos poder ao Universo para que ele trabalhe por nós.

A atenção plena liga diretamente ao estado de socialização e o despertar para o que estamos perdendo enquanto nos conectamos apenas a nossa existência diária, ou seja, a nossa razão. Praticar a atenção plena é uma maneira contínua, pura e eficaz de explorar nossos sentimentos de GRATIDÃO, onde eleva o poder da admiração – o Religare!

Ao adentrarmos em conexão própria, oferecemos a tenacidade do véu na clareza das respostas ao que vemos, ouvimos e sentimos. Ato que leva a capacidade de saborear a seiva vital para uma vida gratificante. Por quê? Porque a admiração remonta a humildade, o reconhecimento do TODO tanto na extrema força como na fragilidade e esse remontar todo na mente, faz ressurgir o respeito.

O respeito nos inspira a ver através da mesquinhez da vida materializada e conecta a enxergar além, despertando o QUERER do novo, da cura, da UNIÃO. Pois a mente prova explicitamente que o passado está presente com toda a sabedoria pronta para oferecer o real sentido da Vida.

No tempo que não se explica, apenas sentimos> A GRATIDÃO coloca a oportunidade de reconhecermos plenamente um sentimento de admiração pelas muitas coisas que esquecemos no decorrer desta e de outras vivências. Rompe o escudo da cegueira e abre nossos corações para sentir a conexão e a decodificação dos mistérios de nossa existência, libertando todas as nossas correntes. Isso é o quê? Fechamento de ciclos!

Decifrando – Temos a receita eficaz da felicidade na beleza da rosa, porém podemos perdê-la ao sermos impetuosos em não arquitetarmos o caminho a percorrer diante dos espinhos que estão a dar-lhe segurança em sua harmonização e equilíbrio - um simples toque sem respeitar a simplicidade da vida, colheremos o sofrimento tanto para nós como ao meio, ao invés de trazermos a GRATIDÃO imantada pela qualidade do amor e da admiração, que eu chamo por UNIFICAÇÃO.

Bênçãos Plenas

Simone Gomes Pedrolli

Toda a “Vida” procede da Luz, e a Luz se origina da consciência.
Desejo que as sementes aqui lançadas sejam o semear de um novo jardim colorido e UNO!
Bençãos Plenas

×

TOP