O PODER DA MEDITAÇÃO

Escrito por
Avalie este item
(5 votos)

Já falado, porém lembrado, o ato de meditar é importantíssimo em nossa vivência. A meditação liberta, fortalece e cura a nossa mente tão precária e viciada. Para praticarmos a meditação, devemos compreender os caminhos a percorrer na intenção de invocar em forma ordenada e inteligente o potencializar das respostas aos nossos objetivos. Quando estamos a meditar acessamos o caminho do desconhecido - buscamos algo secreto e não uma confirmação daquilo que já sabemos. É aqui que temos a fuga em milhares de irmãos, pois o “medo” das respostas é tão eminente que fogem sorrateiramente da capacidade de meditar. A dica é saber quais ferramentas e como podemos utilizá-las para podermos transcender as verdades, sem que essas respostas sejam pertinentes ao favorecimento do desequilíbrio. 

Como sabemos, somos parte de um universo vivo, atuante e inteligente -  tudo é energia e nós não somos deixados de lado, também fazemos parte desta cadeia etimológica. Dentro deste conceito, temos o Átomo em forma permanente em nossa matéria, atuando no armazenar das memórias e registros sagrados de nossas energias. Uma vez desperto, ele age em sincronia com a matéria oferecendo a “União ao Todo”, ou seja, traz para nós a expansão da psique ao “Amor em Unidade”, possibilitando o poder dos “Raios Sagrados” a se materializarem em nossa mente em um trabalho perfeito de banimento as memorias deturpadas dos karmas. O resultado? A libertação em forma tênue, porém vivaz a vida. Em forma direta descodifica o único sentimento – o Amor Universal!

O acesso a esse banco de dados somente é possível com a meditação. Não nos aproximamos em modo ótico, auditivo ou tátil - ao contrário do que muitos são acostumados a pensar

NEM TUDO O QUE PARECE É!
Quando não temos a ciência da separação do joio e do trigo, esbarramos na mente concreta, acreditando no que imposto está pela zona de conforto – aceitamos o que ouvimos de falsos mensageiros, deturpamos os sinais recebidos tais como: calafrios, cores, sons... Deixamos que o mundo das imposições nos comande. 

O ato de meditar é aceitar e confiar no poder próprio, é tomarmos posse de nosso corpo e mente, é trazermos para si "o domínio do abrir e fechar das portas", e o mais importante... Sabermos a quem convidar para que faça parte de nosso convívio tanto no plano astral como no mundo materializado. 

Tudo o que buscamos nos porquês e nas impossibilidades não necessitamos buscar e sim receber! Eis a verdade que está ao nosso lado o tempo todo em aguardo à aceitação. Quando desaceleramos e passamos a meditar, entramos em contato com a nossa face oculta que jamais é escura, torpe, negra, ou diabólica e sim..., verdadeira! Ela está presente continuamente a observar o que passa conosco – com o consciente (a mente concreta).

Na meditação temos a atitude de testemunhar a si mesmo - conectamos em sintonia com as verdades. Para tal, é necessário irmos aos poucos nos tornando receptivos - desta maneira estabelecemos o contato com essa consciência que nunca nos abandonou.

A MEDITAÇÃO

  • O LUGAR
    Encontre um ambiente quieto para meditar;
    Certifique-se que o local escolhido tenha o menor ruído - barulhos externos não é um problema para a meditação, mas no início é mais complicado para a concentração (o ambiente terá um efeito direto na meditação);
    Livre está da escolha ao local se tiver um nível mais avançado - qualquer lugar é adequado.
  • O MOMENTO
    Certifique-se de meditar em preferência ao mesmo horário (ato este, que irá gerar um hábito);
    O momento ideal para a meditação é no início da manhã - a mente está mais descansada, porém poderá praticar à noite, antes de dormir;
    Elimine de teu espaço, tudo o que possa causar a distração.
  • POSTURA
    Adote uma posição confortável. Existem várias posições para entrar no estado meditativo, porém digo quê: o mais importante é se sentir confortável com a posição;
    Lembre-se que estará em uma mesma posição por vários minutos – não se preocupe com o que vê no lado externo, é o conforto que deve se atentar. Se estamos desconfortáveis, óbvio que teremos a mente "reclamando" e assim, o resultado será mais uma dificuldade adicional. Então afirmo sim, que pode meditar deitada (o), sentada (o) e porque não..., até boiando;
    As únicas pontuações que acrescento são: coluna ereta e pés, mãos e braços livres - sem sapatos, luvas, ou qualquer liga metálica, para que as energias possam fluir sem interrupções.

A ATIVAÇÃO DOS CHAKRAS
Cientes somos da importância da “Roda da Luz” – os centros energéticos que correspondem aos variados aspectos de nossa matéria. Poucos são os que em forma comprometida e responsável, atuam a favor do equilíbrio e assim, afirmo que o primeiro passo a ser executado para iniciarmos a ação da meditação e obter os benefícios ao bom viver, é ativar primeiramente o Chakra Cardíaco para depois trabalhar com o Chakra Coronário.

O Chakra Cardíaco é a correspondência inferior do Chakra Coronário. Assim, “precisa ser ativado” para assegurar o Chakra da Coroa, para que tenhamos a clareza em nossos pensamentos. Eis aqui a "cereja do bolo"... A ferramenta perfeita para a condução ao estado meditativo em segurança e liberto nas imposições da mente concreta.

O Chakra Cardíaco - por mais simples ou complexo que seja ele é nosso, único e exclusivo!

Intenda que a aceitação do Chakra Cardíaco não deve ser confundida com passividade (mente concreta). 

  • Chakra Cardíaco é a pura benevolência, a capacidade de atender ao que vem do lado de fora.
  • A passividade é a resistência ao que vem do externo (mente concreta). É a habilidade de evitar estímulos, enquanto a aceitação do Chakra Cardíaco é a resposta plena e completa do estímulo que chega até nós.

Sua ação nos leva ao pausar e nos remete a aceitação, ele é o centro das emoções superiores tais como: a bondade, paciência, alegria, paz, proteção e empatia. Ocupa, simultaneamente, não só a terceira e quarta dimensão, mas também outras dimensões desconhecidas por nós. 

A “Chama” que está no nosso coração é a mesma “Chama que está no centro da Terra”, esta Chama está no interior de um Átomo chamado ‘‘Permanente”.

  • Átomo Permanente é o verdadeiro Átomo de substância pura da Eterna Luz Sagrada.

Quanto ativo, as energias emocionais inferiores são transmutadas em formas superiores. A acústica especial de acesso a essa “Câmara Secreta”, nos permite escutar a “grandiosa voz” do nosso “Eu Superior”, recebendo assim a orientação divina e a compreensão do que necessitamos tão desesperadamente.

A centelha da Chama Sagrada é o ponto de contato da nossa energia com a origem Suprema de toda a vida! O potencial para tornarmos a plenitude de tudo o que é o nosso... O “Eu Verdadeiro”. 

Somente nessa ordem dinâmica e inteligente, ganhamos a capacidade de interagir por meio da meditação e de todos os demais sentidos de nossa matéria. Passamos a caminhar com os nossos próprios pés, ganhamos a nossa independência das raízes sugadoras ou porque não dizer, vampirescas - pertinentemente sugadora e arremessadoras no tão conhecido "efeito bumerangue", fazendo com que nós não cheguemos jamais a lugar algum.

CHAKRA CARDÍACO – ATIVAÇÃO

  • Posicione a mão esquerda sobre o Chakra Cardíaco (centro do peito).
  • Permaneça nesta posição durante toda a meditação.
  • Posicione a mão direita sobre a esquerda.
  • Visualize no centro da cavidade peitoral um “disco de fogo no tamanho de um prato na tonalidade branca ou prata” - é o eletrodo de energia.
  • Visualize-se trazendo esse disco branco para fora de seu coração com a sua mão direita.
  • Sinta a palma da mão direita extraindo esta luz - ela, irá alimentar o Chakra Coronário.
  • Mantendo as duas mãos sobre o Chakra Cardíaco, concentre seu amor no coração.
  • Sinta a intensificação da “Chama Sagrada” em seu coração.
  • Visualize-a na tonalidade branca ou prata, transmutando para rosa - a tonalidade do amor, a cor do Chakra do Coração.
  • Concentre-se em sua respiração e recite o Mantra:

    Eu Sou Luz!
    Eu Sou amor e harmonia!
    Eu Sou Luz!
    Eu Sou a Fonte do Amor Universal!
    Todos que se aproximarem de mim, sentirão as vibrações do amor, da Unidade e da "Divina Presença” em ação.

  • Sinta em seu coração a compaixão sagrada da sua energia e do Sagrado lhe envolvendo o corpo, a sua vida, a sua casa, o seu trabalho.
  • Envie este amor para tudo e para todos - eis a troca!
  • E diga:

    Eu Sou a fonte do Amor do Deus e da Deusa.
    Eu Sou a fonte da Vida.

Obs. Mantenha a mão esquerda no Chakra Cardíaco para na sequência transferir as energias ao Chakra Coronário..

CHAKRA CORONÁRIO - ATIVAÇÃO

  • Com a mão esquerda posicionada sobre o Chakra do Coração, eleve a mão direita a uns três ou quatros centímetros sobre o Chakra Coronário.
    A mão esquerda encaminha e a direita transfere a energia ao Chakra Coronário.
  • Não mova a mão esquerda do Chakra Cardíaco.
  • Sinta como a palma da mão extrai a energia do coração.
  • Feche os olhos e visualize um disco brilhante sobre a sua coroa (o disco de luz está carregando seu Chakra).
  • Mova a mão direita sobre a coroa em movimentos de rotação no sentido horário.
  • Visualize o disco branco com uma intensa “chama branca” (eis o momento da transferência das energias).
  • Continue movendo a mão direita no sentido horário sobre o Chakra.

Obs. Está ação poderá ocorrer um formigamento no Chakra, poderá também ver outras tonalidades

QUAL O TEMPO NECESSÁRIO PARA ESTA ATIVAÇÃO?
Sua intuição dirá, pois que agora teus sentidos estarão mais aguçados.

Após esta atividade, apta (o) está para adentrar em teu campo vibracional e poder meditar em modo planificado.

INICIE O PROCESSO MEDITATIVO

  • Feche os olhos.
  • Concentre-se na sua respiração, inalando lentamente pelo nariz e liberando o ar calmamente também pelo nariz.
  • Apenas observe o ar indo e vindo, sem forçar a respiração, pois que em estado meditativo a mente estará atenta a cada respiração e cada expiração.

OS PENSAMENTOS
É possível que a mente se desvie em outro pensamento. Caso aconteça, apenas observe o pensamento sem se envolver com ele. Não se preocupe, os pensamentos, as sensações, as emoções sempre virão agora e sempre, então apenas deixe-os chegar, receba-os e deixe ir.

O TEMPO
É aconselhável fazer a meditação em cerca de 20 minutos, se acaso estiver experiência. Se estiver iniciando, aconselho praticar por apenas 5 minutos e acrescentar algo mais diariamente.

Bênçãos Plenas

Simone Gomes Pedrolli

Toda a “Vida” procede da Luz, e a Luz se origina da consciência.
Desejo que as sementes aqui lançadas sejam o semear de um novo jardim colorido e UNO!
Bençãos Plenas

×

TOP